02/03/2017

 

Sou um observador das pessoas. O Ser Humano, esta máquina tão fascinante e inexplicável! As pessoas, cada um com sua história, seus segredos e mistérios. Cada um, único, imperfeito, em busca de um mesmo sonho, a FELICIDADE. Todos nós somos um pouco filósofos, psicólogos, magos. Não fofoqueiros, fiquem bem claro. Aprendi a observar mais do que falar. Todo cronista tem que sair fora da sua zona de conforto, do seu escritório, da net, da correria e dos afazeres diários para enxergarmos além. Um bom exercício é andar. É bom, é de graça e faz muito bem para a alma. Andar, não para emagrecer, mais para exercitar também o nosso celebro. E ver, analisar, refletir.

Quando saio de casa, sem a pressa de um carro ou uma moto, já que ônibus coletivo (estou fora), ainda que imagino, que deve ser muito bom para repararmos as conversas, andando, é que exercito minha psicologia. Na rua existe vida. Som, cheiro, beleza, natureza, mais também sujeira, feiúra e tristeza… entre as pessoas. Gente passa apressada ou displicente. Muitos sequer olham para o lado. Os zumbis dos celulares continuam na ilusão que o mundo é ali, naquela solitária telinha. Crianças e adultos, através dos seus olhares não escondem suas fragilidades. Parece que todos estão procurando algo, alguém, algum motivo para explicar porque a roda da vida nos levou até aqui.

Passo muitas vezes enfrente a uma casa de esquina, onde sentada em um banco, lá está sempre uma mulher, simples, ao lado de uma árvore, sorridente, cumprimentando a todos que passam, enigmática. Acabo dando um bom dia para ela também. Em Montes Claros, ainda existem muitos botecos, tipo aqueles pequenos armazéns onde se encontra de tudo, principalmente cachaça e jovens e idosos jogando conversa fora. O cheiro é de nicotina e mau odor. Ali parece que o tempo nunca passa. Não tem como não lembrar dos livros de Guimarães Rosa. Pelas ruas centrais então, é uma odisséia para os cronistas. Pessoas que são verdadeiras caricaturas. À anos com os mesmos vestuários, nos mesmos lugares, com as mesmas pessoas. Enquanto isto, ao lado da Catedral, aquele rapaz continua mendigando. O fato é que nós, que já viajamos muito, conhecemos novas culturas e tantas pessoas, ricos, pobres, alegres e infelizes, pensamos, já vivemos demais e no fundo, GENTE merece respeito. Ninguém é melhor do que o outro. Cada um, tem sua história de vida. Quem nesta vida irá dizer que nossa história também não é digna de um LIVRO?

Meus queridos amigos Lucinha e Jessé Lima foram curtir o carnaval de São Paulo. Aliás, os desfiles de Sampa não fica nada a dever às escolas de samba do Rio.

O também engenheiro Edjardson Féliz e sua bela Elza também foram para o carnaval de São Paulo.

Lindos e educados, André Luiz e Izabella Sezko nos preparativos para seu casório.

Sobre o Carnaval e vida real

Estava escrevendo em pleno dia de terça feira de Carnaval, incomum, para atualização do meu site. Engraçado como nossas escolhas mudam. Em outra ocasião, certamente estaria com algum grupo de amigos, de ressaca, pensando em como seria a última noite da folia, obviamente em alguma cidade carnavalesca. Desanimado? Quem me conhece, sabem que não sou. Sim, é bom demais brincarmos no feriado de Carnaval. É mesmo uma fantasia, nesta semana, em todo o Brasil. É de fato o momento de curtirmos a folia afinal, as férias de janeiro não foram suficientes e depois do carnaval começa nossa vida real (para a grande maioria, já que alguns parecem que nunca tiraram as purpurinas do rosto). Eita Brasil vibrante, liberto e criativo. Tem para todos os gostos: tem escolas de samba com muito luxo e alegorias milionárias, tem axé com circuitos fechados de abadás (de 100 a 5.000 reais), tem marchinhas, sertanejo, rock, dance e Funk. É claro que tem Samba, às vezes.

Mesmo aqueles que nem gostam do Carnaval, alguns sem grana e sem noção, acabam dando uma escapadinha, ainda que seja aqui por perto… pois todos têm um amigo ou parente que o hospede. Ou alguns folgados mesmo, que vão atrás do bloco, dos outros. Postagens no Face, mil, afinal, todos precisam saber que você também foi atrás do trio elétrico. Não viajou? Organizou um carnaval familiar. Bastou colocar uma máscara, fazer um churrasco e beber muita, muita cerveja. Pois bem, como acabou o carnavalesco mundo da fantasia, começou nossa rotina e o mundo real avisa: Helllloooooowwww, é hora de pagar suas contas.

Mirinha Campos e Geraldo Braga preferiram curtir o carnaval nas belas praias do Espírito Santo

Sala Vip

*Dia 13 de março, a Associação Comercial e Industrial e Serviços de Montes Claros organiza a solenidade de posse da nova Diretoria Executiva. O evento acontecerá no Espaço OAB e certamente será dos mais concorridos. O atual presidente da ACI, Edilson Carlos Torquato dá posse ao novo presidente, Newton Carlos Amaral Figueiredo, do grupo dos Laboratórios Santa Clara.

*Neste sábado, a vizinha cidade de Bocaiúva estará em festa com a inauguração da Drogaria e Perfumaria Minas Brasil. Estou sabendo que o prédio é dos mais modernos e toda a família de Mercês e Ivan Guedes marcarão presença, com uma grande festa para a população.

*Estou registrando e agradecendo ao reitor da Unimontes, João dos Reis Canela, que me presenteou com a moderna agenda e material de trabalho, inclusive com o livro do vice-reitor, Padre Antonio Alvimar Souza “A Unimontes no Cenário Norte Mineiro”. E também a agenda do Sicoob, que já estou utilizando, oferecida pelo gerente João Paulo Alves.

*O governo estadual entregou nesta sexta-feira, 24, uma frota de 64 viaturas que serão utilizadas na região do Norte de Minas. A solenidade foi realizada no pátio do 10º Batalhão da Polícia Militar. Participaram do evento, autoridades civis e militares. O secretário municipal da Defesa Social, Anderson Chaves, representou o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto.

 *O Conselho Universitário da Unimontes aprovou a proposta de homenagem ao ex-reitor, professor José Geraldo de Freitas Drumond (in memoriam). O Teatro, em construção no campus-sede, receberá o nome do ex-dirigente, como reconhecimento ao trabalho à frente da instituição entre os anos de 1988 e 2002. Ele comandou o processo de transformação da antiga Fundação Norte Mineira de Ensino Superior na atual Unimontes, efetivada pela Constituição Mineira de 1989.

*Estou lembrando dos amigos que fizeram aniversário em pleno feriado de Carnaval. São festeiros ou não são? São eles, Valério Bira Ubiray, Osmani Barbosa Neto, Autusto Bala Doce, Antônio Bernardo, Vânia Antunes, Fabíola Dourado, Elcio Siqueira,  Itálo Quadros, Dudu Prates e o vereador Edmilson Magalhães.

O AABB fez o melhor carnaval particular

O Clube da Associação Atlética do Banco do Brasil proporcionou aos convidados quatro dias de muita festa, com vários shows musicais, culminando com o show dos rapazes da banda Lá Maior. O grupo de marchinhas Sassaricando então, animou a galera. O que posso dizer é que o presidente Mauro Rodrigues e a primeira dama Diná Toledo organizaram um carnaval fantástico. Fiz questão de passar lá na terça e curtir com os amigos que encontrei por lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation