06/06/2017

BODAS DE CASAMENTO, UMA TRADIÇÃO

A tradição das festas das bodas de casamento surgiu na Alemanha, quando era costume oferecer aos casais uma coroa de prata quando completassem 25 anos de casados, e uma de ouro quando fizessem 50 anos de matrimônio. Bodas, uma data tão especial e significativa não só para o casal, mas também para toda sua família e amigos. Há quem diga que a festa de bodas é até mais importante que o próprio casamento, afinal a comemoração das Bodas de Prata, por exemplo, confirma que tudo deu certo, que o casamento frutificou. Mesmo com os altos e baixos da vida, o casal foi feliz por todo esse tempo e quer continuar juntos nesta bela caminhada. Bodas de Prata das mais comemoradas pelos casais simboliza marcos na trajetória do casal (um quarto de século). Então, mais uma vez – agora diante dos filhos, também dos pais, familiares e amigos, os votos de amor e fidelidade por toda a vida são reforçados. Gesto não só de amor, mas também de cumplicidade e altruísmo.

Karla e Dawson na cerimônia religiosa-(Eudes Lúcio)

BODAS DE PRATA DE KARLA MAIA E DAWSON MALVEIRA

Para comemora 25 anos de feliz matrimônio, o querido casal Karla Maia Leopoldo e Dawson Henriques Malveira planejou com muito carinho e esmero uma bela festa, onde o perfume do amor e felicidade foram uma constante em todos os momentos. A missa em ação de graças oficiada pelo Padre Wagner, na Casa dos Arautos do Evangelho, no Ibituruna, foi o marco inicial das comemorações. Uma solene celebração, emoldurada por um coral infantil com lindas vozes entoando cânticos sacros. Um momento de intensa emoção: a coroação de Nossa Senhora de Fátima pelo casal e as belas palavras dos filhos Matheus e Heitor, em depoimentos de carinho e agradecimento ao intenso amor que recebem dos seus extremados pais. Para aumentar ainda mais a emoção, Dawson fez uma linda declaração de amor à esposa e, para finalizar, Karla, também com voz embargada pela emoção, falou de improviso depoimento impregnado de muito amor, em lágrimas, terminando de joelhos diante de Nossa Senhora em gratidão pelos 25 anos de feliz relacionamento. Todo o desenrolar da ação de graças, foi acompanhado com muita atenção por todos os presentes.

Dawson posando com Karla ao lado dos seus familiares-(Eudes Lúcio)

Karla posando com Dawson ao lado dos seus familiares-(Eudes Lúcio)

A FINA RECEPÇÃO

Terminando o ato religioso, os convidados se dirigiram até o salão de festas do Buffet Duca & Nazareth Prates onde grandes emoções também os aguardavam. O salão de festas foi decorado pelo conhecido Cézar Costa que se superou em bom gosto e criatividade. Em todo o ambiente, belos arranjos florais, lustres de cristais no teto – que davam um ar nobre ao ambiente – e uma potente iluminação que valorizou ainda mais o seu impecável trabalho. O décor foi bastante cumprimentado por todos. Detalhes que também chamavam a atenção: a bem decorada mesa da família e a mesa de fartos doces e bombons. Uma valorosa equipe de garçons serviu o legítimo scotch e o delicioso chandon que jorraram abundantemente do princípio ao fim da festa. Intercalando, finos e fartos salgadinhos, além de uma mesa de frios. Em local estratégico, jovens comandavam a seção de finos coquetéis. Mais tarde, um requintado jantar foi servido. A BANDA BRASIL 70, que esteve quando da festa de 40 anos de Dawson, deu o sensacional toque musical da pista interpretando todos os tipos de ritmos e agradando em cheio.

A entrada triunfal de Karla e Dawson no salão de festas-(Eudes Lúcio)

MAIS DETALHES DA COMEMORAÇÃO

UM MOMENTO de silêncio quando o mestre de cerimônias anunciou a entrada do casal sob delirantes aplausos de todos. Na pista, as tradicionais valsas – algumas coreografadas -, com familiares e com amigos. Instantes inesquecíveis!…/ A PARTIR DAÍ, a temperatura do ambiente subiu com o excelente repertório da banda, com os convidados lotando a pista de danças e dançando ao redor das suas mesas. Tudo em ambiente bastante familiar e de um entrosamento poucas vezes visto em festas realizadas na cidade…/ KARLA E DAWSON circularam por todas as mesas agradecendo as presenças e deixando esboçar nos seus sorrisos toda a satisfação e alegria./ OS PAIS DO CASAL Gislaine e Hermes Malveira e Maria de Jesus Maia observavam todo o movimento, também felizes com a festa…/ KARLA USOU dois lindos modelos brancos na missa e na recepção. O primeiro de Ley Lopes e o segundo, da estilista Iete David , com fios prata, elogiadíssimo por todos e que realçou ainda mais a inconteste  beleza de Karla…/ LUCIANA MALVEIRA e o seu perfeito cerimonial, foi outro destaque da festa, que por muito tempo será comentário na sociedade./ FINALIZANDO: Uma comemoração, como já enfatizamos, com o tempero latente de muito amor e felicidade, de um casal querido pela nossa sociedade e um exemplo de vida a dois. Nota mil.

O momento da valsa-(Eudes Lúcio)

A mesa da família decorada por Cézar Costa-(Eudes Lúcio)

Mais um belo detalhe da cinematográfica decoração-(Eudes Lúcio

A suntuosa decoração: um dos pontos altos da comemoração-(Eudes Lúcio)

Karla Dawson brindando com seus filhos Heitor, Matheus e Pedro –(Eudes Lúcio)

Karla e Dawson em momento de descontração, em foto Black and White-(Eudes Lúcio)

A estilista Iete David, Maria Inês Narciso e Leila Rêgo com o titular desta página na Bodas de Prata de Karla e Dawson Malveira-(Eudes Lúcio)

CONCEIÇÃO MELO: EXPOSIÇÃO DE POLTRONAS

A artista plástica Conceição (Tuca) Melo, anualmente, realiza exposições dos seus trabalhos que sempre trazem novidades aos inúmeros clientes e apreciadores da sua arte. Na noite da última quarta-feira, em encontro dos mais prestigiados por nomes de realce da sociedade, artistas, fieis amigos e familiares, Tuca inaugurou o seu moderno e bem montado Ateliê Conceição Melo e o escritório de arquitetura da sua bela filha Flávia Melo. O tema principal girou em torno de um novo trabalho, a exposição de poltronas, que mereceram rasgados elogios de todos os presentes pelas linhas modernas ornadas por sensacionais pinturas da querida artista.  Um fino coquetel foi comandado por Marilúcia Pimenta, enquanto Flavin Ribeiro e Alysson Prates davam o tom musical ao agradabilíssimo encontro. Nota mil.

Conceição Melo e sua filha Flávia Melo com o titular desta página-(Divulgação)

Uma mostra das belas poltonas by Tuca Melo

COMENDA ANTÔNIO SECUNDINO

O presidente do Sindicato Rural de Montes Claros e vice-presidente da Faemg, Ricardo de Quadros Laughton, bastante cumprimentado pelo fato de ter sido escolhido para receber a importante Comenda Antônio Secundino (fundador da Agroceres), em Patos de Minas. Ricardo, de forma discreta e com muita determinação e dinamismo, vem prestando relevantes serviços aos produtores da região. Nossos cumprimentos pela merecida homenagem.

Ricardo de Quadros Laughton na foto com sua elegante esposa Ângela Maia) agraciado com a Comenda Antônio Secundino-(Divulgação)

ENLACE DE THALITA & HERON

Mais um querido par da nossa sociedade subindo  ao altar no mês de junho. Desta feita, THALITA, filha de Maria Ângela Malveira-Antônio Eustáquio Batista e HERON, filho de Vânia de Quadros Coelho-Waldir Pereira Veloso. A cerimônia religiosa será oficiada na Igreja de Nossa Senhora da Rosa Mística no próximo dia 17, seguida de fina recepção no Portal de Eventos. Gratos pelo convite.

Thalita Malveira Batista e Heron Veloso: enlace no próximo dia 17 de junho-(Eudes Lúcio)

A DOR DA PERDA

Um dia eles estão lá, fazem parte da sua vida, do seu cotidiano. De repente, já não estão mais. Pode ser uma pessoa querida da família, um grande amor, um amigo. Quem já enfrentou a dor da perda, sabe que aceitar e superar esse sentimento não é nada fácil. São os ditames do destino. A sociedade norte-mineira foi abalada na semana que passou com a triste notícia do falecimento de JOÃO WALTER GODOY MAIA, Uma das grandes inteligências da terra, bom papo, marido exemplar, pai e avô fervoroso e amigo como poucos. Um autêntico “gentlemen” na acepção da palavra! A sua extremada esposa Mercês, filhos, netos e demais familiares, os nossos sentimentos. Fica a saudade e uma certeza: não importa onde esteja; estará sempre conosco!

João Walter de Godoy Maia: uma grande perda!

ENLACE DE CAMILA & BERNARDINO

O competente designer gráfico que integra a equipe de O Jornal do Norte de Minas, Bernardino Nepomuceno Mota,  oficializou enlace com Camila Souza e Silva em prestigiada cerimônia na Igreja Santa Clara. A noiva, bastante elegante, trajando um clássico modelo assinado por Kátia Noivas deu entrada ao templo pelo braço do seu emocionado pai, Waldevino José da Silva, precedida pelas damas e pajens Ana e Tharles, Heloisa e Idalino e Maria Gabriela e Duda ao som do grupo musical, Jovenildo Santos Harmonia. A cerimônia foi oficiada pelo Padre Davi que, em belas palavras, destacou a importância do amor no relacionamento a dois. Após a cerimônia, os noivos receberam os cumprimentos dos inúmeros presentes. Os noivos, filhos de Jane de Cássia e Waldevino José da Silva e Maria de Jesus Nepomuceno e Gerolino Soares da Mota, seguiram em viagem de lua de mel para a bela cidade de Gramado (RS). Fotos de Sandro Foto e Vídeo Digital.

Camila Souza e Silva, usando um modelo de Kátia Noivas

Os noivos com o celebrante, Padre Davi

Camila e Bernardino com familiares

Um momento de carinho dos noivos

ENLACE DE RAISSA & THALLES

Em bela e prestigiada cerimônia oficiada na Casa Di Lucca Praia, em Vila Velha (ES), tendo como pano de fundo um lindo mar azul, a inteligente oceanógrafa Raissa Simões Campos recebeu como esposo Thalles Ribeiro Cremasco. Os noivos são filhos de Jaqueline Almeida Simões-Juarez Heleno Campos e de Márcia Fernandes Ribeiro-Wagner Domingos Cremasco. O conhecido avô da noiva, Reinini Canela esteve presente, além de familiares e muitos amigos.

Dois flagrantes do enlace de Raissa Simões Campos com Thalles Ribeiro Cremasco em Vila Velha (ES)-(Divulgação)

WAN-DICK DUMONT: 100 ANOS

Em maio de 2007 a família norte-mineira perdia um dos seus mais notáveis líderes políticos: WAN-DICK DUMONT. Chefe do executivo em Bocaiúva durante 14 anos deixou marcas de uma administração das mais sérias e dinâmicas, praticada sem perseguições políticas e visando apenas o bem-estar daquela cidade que tanto amou. Partiu o exemplar homem público de conduta ilibada, amigo leal e de coração do tamanho do mundo, além de chefe de família exemplar. Se vivo fosse, teria completado 100 anos de vida. A data passou em branco, sem qualquer alusão ou homenagem. Ainda é tempo de a população e autoridades da querida Bocaiúva, celebrar e homenagear durante todo o ano o seu centenário, num preito de gratidão àquele que lutou e engrandeceu a terra que o elegeu por diversas vezes.

Wand-Dick Dumont (na foto com sua esposa Celeste) ilustre personalidade política do Norte de Minas

LANÇAMENTO DA EXPOMONTES

A Sociedade Rural de Montes Claros lançou, no último dia 29 de maio, no Clube dos Fazendeiros, a 43ª Expomontes (30 de junho a 9 de julho). Empresários, expositores, patrocinadores, autoridades e imprensa estiveram prestigiando o concorrido evento. O presidente José Luiz Veloso Maia divulgou as novidades da mostra 2017, mostrando-se confiante no maiúsculo sucesso de uma das mais importantes festas agropecuárias do interior mineiro. As  antigas barracas de alvenaria foram demolidas, dando espaço a uma moderna praça de alimentação. Na solenidade, também foram apresentadas as majestades da mostra: BRUNA REGINA Alves Costa (Sicoob Credinor), ANA BEATRIZ Veloso Peres (Núcleo Mangalarga Marchador), MARIA ISABEL Maia Rocha (Sociedade Rural) e VICTÓRIA MARIA Miranda (Sindicato Rural).

José Luiz Maia Veloso, presidente da Sociedade Rural de Montes Claros-(Sólon Queiroz)

As belas majestades da 43ª Expomontes 2017-(Sólon Queiroz)

A PARTIDA DE UM AMIGO

Quando nos despertamos na manhã de quinta-feira,  dia 1º de junho, recebemos a triste notícia do falecimento de um grande amigo: DR. ROBERTO LIMA NEVES. Para sempre, recordaremos dos momentos que desfrutamos da sua companhia e familiares em Januária e em Monts Claros, sempre coberto por muito carinho e amizade. Roberto deixa marcas indeléveis de um homem de grande coração, invejável inteligência, grande profissional e de humor constante. Um amoroso esposo, pai, avô e amigo como poucos. Amigo, você não perdeu a vida. Foi a vida que te perdeu! Você era forte e claro como o sol. Você era sereno como as estrelas e a lua na noite. Continue a sorrir e encontre-se com Deus!!! Eternas saudades!

Roberto Lima Neves (na foto com sua extremada esposa Gilvânia Diamantino): uma grande perda.

REFLEXÃO I

Um dia um pai de família rica levou seu filho para viajar para o interior com o firme propósito de mostrar o quanto as pessoas podem ser pobres. Eles passaram um dia e uma noite na fazenda de uma família muito pobre. Quando retornaram da viagem o pai perguntou ao filho:

– Como foi a viagem? –Muito boa, papai!

– Você viu como as pessoas pobres podem ser? O pai perguntou. –Sim.

– E o que você aprendeu? – O filho respondeu:

-Eu vi que nós temos um cachorro em casa e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim; eles têm um riacho que não tem fim. Nós temos uma varanda coberta e iluminada com luz; eles têm as estrelas e a lua. Nosso quintal vai até o portão de entrada; eles têm uma floresta inteira. Quando o pequeno garoto estava acabando de responder, seu pai ficou estupefato. O filho acrescentou: – Obrigado, meu pai, por me mostrar o quanto  “pobres” nós somos!

MORAL DA HISTÓRIA – Tudo o que você tem depende da maneira como você olha para as coisas. Se você tem amor, amigos, família, saúde, bom humor e atitudes positivas para com a vida, você tem tudo! Se você é “pobre de espírito” você não tem nada!

REFLEXÃO II

Quando você arranca uma flor do jardim começa a perdê-la …  porque ela vai murchar em suas mãos e não se fará sementes para outras primaveras.

Quando prender um passarinho certamente vai perdê-lo  …  porque ele não mais cantará no bosque nem criará outros passarinhos em seu ninho.

Quando você só pensar em guardar dinheiro irá perdê-lo …  porque o dinheiro não vale por si, mas pelo o que com ele se pode fazer.

Quando não deixa partir o seu filho para a vida, pode saber que vai perdê-lo … porque nunca o verá voltar para você livre e maduro.

Lembre-se sempre: não existe preço para a liberdade, mas uma belíssima recompensa para quem a utiliza com desprendimento de alma.

Quem ama liberta com a certeza de volta espontânea ao aconchego!

Aprenda com a vida a grande lição: você sempre vai ganhar o que tiver coragem de perder e perder o que quiser agarrar!

REFLEXÃO III

Em dose tripla: 1.Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa apagar o caso escrito; 2. Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter; 3. Se Algumas pessoas se afastarem de você, não fique triste, isso é resposta da oração: “livrai-me de todo mal, amém!

ETIQUETA I

O ideal é falar sempre com um tom audível e claro, mas sem exageros, para não virar uma pessoa que é conhecida pelo tom de voz que mais se parece com gritos, lembrando que este péssimo hábito é muito mal visto no campo profissional.

ETIQUETA II

A louça da casa em que você está jantando é linda! Mas não vire o prato para saber a procedência, nem vá bisbilhotando a marca num objeto de prata. Se achou bonito, elogie. Aliás, ainda muito em moda a dona da casa,  responder: “ eram de minha mãe!” Fica chiquérrimo, dá um toque de nobreza (mesmo que seja mentira

ETIQUETA III

Quando estiver com visitas, não deixe seus gatos e cachorros entrarem na sala naquela alegria exuberante, cheirando e lambendo nossas orelhas, subindo sem cerimônia em nossos colos, rasgando as meias das mulheres, sujando nossas roupas, largando pêlo e latindo.  Se forem do sexo masculino, ainda podem acontecer cenas de excitação explícita, fazendo com que todos fiquem ruborizados.

APRENDENDO I

O pronome mais requisitado nestes tempos bicudos É ele mesmo – o quem. Quem é o delator da vez? Quem falou a verdade? Quem mentiu? Quem disse isso? Quem fez aquilo? A resposta é sempre alguém. A razão: o quem, pra lá de elitista, adora gente. E só gente. Sempre que aparece, não fala de coisas. Foi o Ministério Público quem negociou a delação do JBS. Observou o tropeço? Entidades não são pessoas. Por isso construções como essa pegam mal como arrotar à mesa ou dirigir sem cinto de segurança. Comprometem reputações e matam amores. A boa forma recorre ao pronome que: Foi o Ministério Público que negociou a delação do JBS.

APRENDENDO II

O padre guarda o sigilo da confissão. O jornalista, o sigilo da fonte (pessoa que passa a informação). O banco, o sigilo bancário. É isso. Sigilo quer dizer segredo. A palavra vem do latim. Quando nasceu, sigillum queria dizer selo, marca. Depois, evoluiu. Ampliou os significados. Quebrar o sigilo sem ordem da justiça traz sérias conseqüências. O padre comete sigillismo. O jornalista perde a confiança do informante. O mandão do banco vai para o xilindró! Cala-te, boca!

APRENDENDO III

Quem gosta de pagar impostos? Ninguém! A gente entrega o rico dinheirinho pro governo porque é obrigado. Daí o nome. Imposto pertence à família de impor. Significa obrigatório. O “machão” tem irmãos, primos e sobrinhos para dar e vender. Imponência, imponente, imposição, impostos e impostura são membros da parentela. Todos têm uma marca: são autoritários!

Nossa grande e querida amiga Vanusa Magalhães Freitas

Silvana Mameluque e Rita Maluf, sempre elegantes em nossos requintados eventos sociais-(Divulgação)

Amanda Helena Sampaio Aragão: charme, beleza e categoria

Os grandes amigos Juscemira Rocha-Antônio Adilson Salgado Araújo-(Márcia Vieira)

NIVER DE JOAQUIM 7.0

Marilda Menegaz e Joaquim José da Silva formam um casal dos mais queridos pela sociedade montes-clarense. No último dia 13 de maio, Joaquim comemora seus bem vividos 70 anos. Ao lado dos seus  netos Gabriel e Marina, Ana Carolina e Lucas e Joaquim, muitos amigos e familiares, comemoraram em grande estilo a data  na Fazenda Teixeiras, nas cercanias da cidade de Juramento..

Joaquim José da Silva (na foto com sua esposa Marilda Menegaz) comemorando 70 anos de vida-(Foto Jailson)

AS INSUPORTÁVEIS FILAS

Uma das provas mais visíveis da má qualidade do serviço prestado pelas instituições financeiras à população é, sem dúvida alguma, a fila para atendimento nas agências bancárias. Em Montes Claros, os consumidores ou clientes ainda são mais prejudicados pelo fato de não terem a seu favor a lei de minutos de espera, que funciona em centros maiores onde bancos são multados se extrapolarem o prazo máximo estabelecido para atendimento. Na capital do Norte de Minas, se existe alguma lei regulamentando a exigência, não deve estar funcionando. Como prova as enormes e quilométricas filas que se formam nos caixas de atendimento. Para completar o disparate e falta de respeito, caixas sem dinheiro. Um verdadeiro abuso e acinte à paciência do cidadão.

ESTRELA DALVA

Assunto recorrente no noticiário dos anos de 1950, a história de Dalva de Oliveira, que faria cem anos na última sexta-feira, dia 5 de maio, foi tão dramática quanto suas interpretações passionais que lhe concederam os títulos de Rainha do Rádio e Rainha da Voz (Tudo Acabado, Que Será?, Olhos Verdes,  Bandeira Branca, Kalu, Errei Sim dentre outras.). “Um dia as pessoas vão descobrir que Dalva de Oliveira é a nossa Billie Holiday”. A frase dita por Elis Regina na década de 1970 talvez não comova tanto as gerações atuais, da grande intérprete. Em tempos de antanho, fez uma sequência de shows em Montes Claros. Morreu em agosto de 1972.

A eterna Rainha da Voz, Dalva de Oliveira-(divulgação)

CEM ANOS DE SOLIDÃO

 Esse livro deu a Gabriel García Márquez o Prêmio Nobel de Literatura em 1982. Durante o IV Congresso Internacional da Língua Espanhola, realizado em Cartagena, na Colômbia, em Março de 2007, Cem anos de solidão foi considerada a segunda obra mais importante de toda a literatura hispânica, ficando apenas atrás de Dom Quixote de la Mancha.”    “Cem anos de solidão” é um daqueles livros que você precisa ler para entender o motivo de ser tão bom! Por mais que dizermos, nossas palavras não seriam suficientes para descrever exatamente o que Gabriel García Márquez escreveu! O livro que comemora seu cinqüentenário continua encantando a todos os leitores do mundo. Atualmente, a famosa obra, voltou a ser nosso livro de cabeceira.

BAJULAÇÃO

BAJULAR: em latim, significa levar alguém nas costas ou nos braços. Originalmente, o modo como a bajula transportava a criança de que cuidava. E quem era a bajula? Era a ama, a babá do neném. O espanhol “baiula” tem, também, o sentido de bajulação. O puxa-saquismo, aliás, é atitude conhecida há muito tempo. De uma atitude carinhosa, terna, daquela criatura que, além de transportar os pimpolhos, também lhes entoava canções de ninar. O termo assumiu sentido repulsivo. . É que a maioria dos governantes vive cercada de bajuladores, os áulicos que não se cansam de elogiar, de proclamar as virtudes dos dirigentes, um tipo de gente desprezível que, sem possuir méritos, apela para o agrado rasteio, buscando preservar privilégios, às vezes migalhas conseguidas pelo chefe. Nesse contexto, cabe a sábia frase: Bajular é a pior forma de submissão! Concordam?

VAZIO POLÍTICO

Pesquisa espontânea feita por grande instituto revela um imenso vazio político em Minas. No levantamento recente, indagados sobre quem seria a principal liderança mineira, cerca de 60% dos entrevistados não citaram nenhum nome: não se sentem liderados por ninguém.  Muitos caciques políticos, que já passaram por cargos de relevo, tiveram tão poucas menções que não alcançaram pontuação na pesquisa: ficaram na turma do traço. O vazio de liderança tem outras razões além do desgaste pessoal e coletivo dos políticos. Eles próprios, com atuações pífias, podem prever sua derrocada política nas eleições do próximo ano e o surgimento de líderes mais jovens e sem vícios politiqueiros e asquerosos. Quem viver verá!

CURIOSIDADE

 Guimarães Rosa, médico recém-formado, trabalhou em lugarejos que não constavam no mapa. Cavalgava a noite inteira para atender pacientes que viviam em longínquas fazendas. As consultas eram pagas com bolo, pudim, galinha e ovos. Sentia-se culpado quando os pacientes morriam. Acabou abandonando a profissão. Não tinha vocação. Quase desmaiava ao ver sangue.

A BOMBA EXPLODIU!

Os noticiários televisivos nos fizeram chegar à seguinte e triste conclusão: “O Brasil parece em guerra contra o Brasil!”. De acordo com estatísticas relativas a 2015, a cada nove minutos alguém no país foi vítima de algum tipo de assassinado – homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, assalto com morte ou morte decorrente de ação policial. Em termos de violência contra a mulher, os números são ainda mais espantosos: houve 45.460 estupros, ou 125 por dia – apenas entre as ocorrências registradas. E sabe-se lá quantas agressões a homossexuais, negros, índios, mendigos e animais. De 2016 para cá, a coisa piorou ainda mais e mais. Na área institucional, políticos insultam juízes. Senadores chamam-se uns aos outros de canalhas e engolem o insulto. A desmoralização é latente, rebaixando a atuação política à pancadaria com socos e pontapés. Bandos incendeiam pneus, infernizam as cidades, invadem câmaras e assembleias e ativistas de rostos cobertos destroem o patrimônio público, ofendem e agridem repórteres e outras aberrações num país que, pelo visto, perdeu as rédeas. A bomba nacional explodiu. E, pelo visto vai explodir ainda mais! Deus nos proteja!

IOGA E SUA IMPORTÂNCIA

A ioga tem o poder de desbloquear energias e emoções estagnadas no corpo. A pessoa vai se sentindo mais forte com a vida, expandindo a consciência de si mesma e seus potenciais e mudando a freqüência da mente. É uma maneira preciosa de se lidar com as emoções, observar a si mesmo e deixar passar as emoções aflitivas, as angústias e as tormentas. Em nossa cidade, o mestre CLÁUDIO TOURINHO continua ministrando com grande propriedade, profissionalismo e competência aulas de ioga, ganhando mais e mais adeptos a cada dia que passa. Vale o registro.

11° LEILÃO DE TOUROS

Com a aproximação da Expomontes, os criadores de gado já anunciam sensacionais leilões. Dentre eles, o 11º Leilão de Touros dos Criadores de Nelore do Norte de Minas, dia 4 de julho, às 19h. Com a marca e categoria do Nelore OMJ – Oswaldo Miranda Júnior, de qualidade comprovada.

A FORÇA DO CARVALHO

O carvalho, conta a tradição, respeitado pela sua força, era cultivado, por exemplo, pelos peles-vermelhas na América do Norte. A árvore, imponente e longeva, teria poderes sobrenaturais, pois resiste à força dos raios. Acreditava-se que fosse a morada do deus dos relâmpagos. Bater na base do carvalho afastará os perigos e riscos diversos. Aliás, é o que muito político em Brasília anda fazendo! De leve.

O PODER DAS VITRINES

A vitrine é o cartão de visitas de uma loja, é convite que atrai o cliente para o seu interior e um eficiente meio de comunicação que indica produtos disponíveis e conceitos. Inovação, criatividade são fundamentais no trabalho do vitrinista. A maior parte das decisões de um cliente é tomada dentro do estabelecimento e a motivação para a compra vem da técnica de exibição de um produto. Alguns empresários, no entanto, continuam com suas vitrines de mau gosto, bregas e que, na certa, não atraem ninguém. Em tempo de crise, inovar é preciso!

BUFÊ DE QUALIDADE

Todo mundo sabe da fama dos bufês existentes na cidade, comparados aos melhores existentes nas principais capitais do país. O PERSONALLE BUFFETT sob a segura direção de Érica e Élcio Siqueira, continua sendo rotulado como o mais inventivo, o mais criativo o mais inovador na prestação dos seus serviços. De quebra, cardápio variado e dos mais requintados de categoria internacional. Vale o registro.

Érica e Élcio Siqueira, do Personalle Bufê-(Foto Jailson)

UNOVITA FISIO

Renata Veloso Meira Borém Guimarães que já recebeu desta coluna o troféu de “Mulher de Ação”, continua obtendo enorme sucesso com sua UNOVITA FISIO, fisioterapia especializada em Oncologia, Uroginecologia, Obstetrícia, pós-operatório de cirurgia plástica, pilates, acumputura, neurologia, excelência em saúde e fisioterapia. A sua moderna clínica fica na Avenida Coronel Prates, 389 (38) 3898838-8050/3223-4281.

A competente fisioterapeuta Renata Veloso Meira Borém Guimarães-(Divulgação)

BICHECTOMIA, A QUERIDA DOS FAMOSOS

Um método cirúrgico para afinar o rosto, reduzindo o tamanho das bochechas é febre entre os famosos há tempos. Mas para quem tem receio de enfrentar um procedimento como esse, existe uma alternativa não invasiva, apelidada de “bichectomia sem agulha”, feita por meio de radiofreqüência. O procedimento está ganhando terreno no país – em dois anos, houve crescimento de mais de 30%, segundo pesquisa da Ibramed, empresa especializada em medicina estética. A vantagem da bichectomia sem agulha é conseguir afinar o rosto sem fazer cortes, usar agulhas ou anestesias. Os profissionais aptos à realização são os cirurgiões-dentistas e os cirurgiões plásticos.

TEATRO DE QUALIDADE

O público montes-clarense, apreciador de um bom espetáculo teatral, reclamando a ausência do Grupo Teatro Fibra, com quase quatro décadas de estrada, inclusive, contemplado com importantes prêmios graças à brilhantes  apresentações do seu cast sob a segura, experiente e competente direção de Terezinha Lígia.

MERECE REPLAY

Um leitor de Niterói(RJ), Jorge Mendes Bentinho, enviou para a seção de “Escreve o leitor” de jornal carioca o comentário abaixo, que merece replay: “ Meninos maus, quase imputáveis, são “vítimas da sociedade”. Septuagenários condenados e inofensivos, como se os cabelos brancos lhes devolvessem a honradez que nunca tiveram, gozam da prisão domiciliar.  Entre os extremos, a sociedade de bem, vítima de todos, a sustentar presos com direito à progressão de pena, e afrontada por delatores cínicos acomodados em domicílios. Ainda por cima, a balbúrdia política e econômica. Na infância, ao recitar Olavo Bilac, o verso “Criança, não verás nenhum país como este” prometia um futuro grandioso, não concretizado. Mantenho o amor à pátria, não perdi a fé, mas, por ora, é impossível sentir orgulho”.

DECORADORES E SUAS GENIAIS CRIAÇÕES

Constantemente, através desta página, temos elogiado o magistral trabalho que vem sendo executado pelos nossos decoradores em festas e recepções e que, em nada, ficam a dever aos famosos profissionais de capitais brasileiras. Em recente enlace cuja recepção aconteceu no Portal de Eventos, o suntuoso trabalho executado pela querida Jussara Pádua continua sendo comentário em todas as reuniões sociais pela criatividade, bom gosto e suntuosidade nos mínimos detalhes. Muitos foram mais além ao afirmarem: “nunca presenciamos aquela casa de eventos tão bel e majestosa”! Vale o registro com nossos cumprimentos à querida amiga e grande profissional!

Jussara Pádua, realizando cinematográficas decorações

NOSSAS POBRES VIAS PÚBLICAS

Num passeio pelas nossas vias públicas uma triste realidade! Quanta pichação, quanto ciclista lutando para não ser atropelado pelo conturbado trânsito, quanto mendigo espalhado pelas calçadas, quantos dependentes de crack ocupando e dilapidando praças, lixo sobre calçadas e ruas sem iluminação colocando em risco a vida da população. Sem maiores comentários!

IMPORTÂNCIA DO ASFALTO

Está mais do que provado que o asfalto foi inventado para deixar a vida mais confortável, uma locomoção mais fácil, ráida e segura, ausência de poeira. Sem a sua constante conservação, torna-se uma arma letal. Fornecedores de água e luz, por exemplo, não têm dado o devido valor ao benefício. Explicando melhor: quando chamados para um conserto, abrem o asfalto e, devido à má compactação o evolvem cheio de cicatrizes e caroços formando ondulações, causando prejuízos incalculáveis aos proprietários de carros – sem falar nos riscos de acidentes para quem quer poupar seus amortecedores ( do carro, evidentemente!). Enquanto isso, continuamos a reclamar mas aceitando o desrespeito ao contribuinte, ao cidadão. Quais os vilões? Na certa, vocês já mataram a charada; são nomes bastante familiares. Até quando? Só Deus sabe!

TERMINANDO

“Em um determinado dia, em uma data circunstância, você acha que você tem um limite. E, então você busca esse limite e encosta nele, e então você pensa: “Certo, esse é o limite”. Logo que você atinge esse limite, alguma coisa acontece e de repente você pode ir um pouco mais longe”. (Ayrton Senna)

Nossos grandes amigos Maria Helena Flávio e Nicomedes Teixeira Almeida-(Divulgação)

Saulo Leony, grande destaque no meio musical-(Divulgação)

O comandante do 55° BI Ten Cel Alexandre dos Anjos Ferreira, sua esposa Carla e o titular desta coluna-(Divulgação)

O querido par Karina Almeida e Fernando Tomaz Ferreira

Andréia Fróes, competente assessora de imprensa da Sociedade Rural-(Sólon Queiroz)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *