31/01/2018

PARA REFLETIR

 

CARNAVAL 2018

A Prefeitura de Montes Claros, retomando e valorizando o carnaval de rua da cidade, irá promover no dia 10 de fevereiro o grande Encontro de Blocos, no circuito que será montado entre a praça dos Jatobás e a Secretaria de Meio Ambiente. Nos demais dias, os blocos se apresentaram em diversas regiões da cidade, sempre com o apoio da Prefeitura.

IMPÉRIO NOVO HORIZONTE PROMETE SER

O BLOCO DA VEZ

O bloco carnavalesco Império Novo Horizonte está completando cinco anos. O Bloco tem encantado os carnavais de Montes Claros com seus desfiles temáticos que contam com a participação de crianças e adultos, sempre com diversas alegorias. Fundado no bairro de mesmo nome, o Império Novo Horizonte nasceu através do projeto de reciclagem quando a fundadora, Suedes Souza Silva, decidiu fazer fantasias com os materiais que eram recolhidos. O resultado foi fantástico. Em todos os desfiles o colorido do bloco encanta a todos por onde passa. Em 2017, por exemplo, a beleza do bloco lembrou a memória do empresário Natalino Gonçalves, com alegorias que registraram pontos importantes da vida do empresário. Para 2018 o bloco irá trazer o tema “O que queremos e o que não queremos”, que irá fazer um paralelo com o atual momento de mudanças que passa o país. Este ano a agremiação irá contar com 180 membros fixos, sendo 30 somente na bateria. O Império Novo Horizonte irá desfilar no dia 10, às 19h, no Desfile de Blocos organizado pela Prefeitura de Montes Claros. Um dia antes, no dia 9, às 20h, o desfile será no pré-carnaval do bairro onde o bloco foi fundado, com a participação de todos os moradores.

 

 

 

ORQUESTRA SINFÔNICA

PROJETO LEVA CONCERTOS PARA NORTE DE MINAS

 

A Orquestra Sinfônica de Montes Claros (OSMC) se prepara para levar uma série de concertos a praças e espaços públicos da cidade, além de apresentações especiais em outros municípios do Norte de Minas. O projeto tem como objetivo democratizar o acesso à música erudita e encurtar distâncias na disseminação dos nossos valores culturais. As apresentações estão planejadas para realização em 2018 e 2019. Além das apresentações artísticas em espaços públicos, o projeto também vai promover mais uma vez, o conceito dos Concertos Didáticos, onde escolas da rede pública de ensino serão visitas pela OSMC; uma média três mil alunos devem ser beneficiados diretamente com o intercâmbio cultural.

Em 2017 a Orquestra Sinfônica de Montes Claros comemorou 16 anos de atividades, consolidando-se como referência no cenário artístico do Norte Mineiro. Apesar deste histórico de apresentações primorosas, intercâmbios culturais e formação de excelentes músicos, a OSMC segue em busca de fortalecimento.

A Orquestra busca o apoio das empresas locais e do público, através de leis de incentivo e do abatimento do Imposto de Renda. Só assim, a OSMC poderá manter viva a cultura da música erudita norte-mineira. Pessoas físicas e empresas poderão deduzir até 100% do seu Imposto de Renda, um valor que é pago ao governo e, desta forma, poderá ser revertido em apoio à um grupo tipicamente montes-clarense. Ao investir no projeto cultural, o contribuinte ajuda diretamente no desenvolvimento da própria comunidade na qual a empresa e pessoas físicas estão inseridas, com a valorização da cultura e das artes como expressão da nossa identidade.

A empresa investidora terá publicidade e divulgação da sua marca durante 12 meses consecutivos, em mídias e todos os eventos realizados pela Orquestra. No site do Formigueiro Cultural, produtora da Orquestra Sinfônica de Montes Claros, você encontra informações detalhadas de como fazer sua doação de imposto e ajudar os projetos da OSMC. Acesse: www.formigueirocultural.com.br/apoieaosmc

 

 

POTENCIAL TURÍSTICO DE PARACATU

Facilitar o conhecimento e o acesso de turistas às potencialidades de Paracatu, uma região rica em atrativos no chamado turismo rural e que já faz parte do Circuito Turístico “Noroeste das Gerais”. A ação faz parte de uma iniciativa que envolve a Unimontes, em parceira com a Associação de Condutores de Turismo de Paracatu (Acontup), por meio do projeto “ColabTur – Rural” (Laboratório Colaborativo). Dentre os objetivos, a promoção de ações conjuntas na implementação de atividades e de empreendimentos turísticos, com foco especial na identificação e catalogação de trilhas e roteiros, a começar pelo ciclismo rural. Os trabalhos envolvem o curso de Tecnologia em Gestão do Agronegócio, implantado pela Unimontes em 2009, no campus de Paracatu, e que atualmente conta com 46 alunos. São parceiros a Pró-Reitoria de Extensão, Associação de Condutores de Turismo de Paracatu (Acontup) e a Faculdade do Noroeste de Minas (Finom). A iniciativa conta, ainda, com o apoio da Sport Bike Acessórios e do Café Catu e do Parque Estadual de Paracatu (por meio do Instituto Estadual de Florestas).

A primeira ação coletiva neste sentido está programada para 4 de fevereiro, com uma pesquisa de campo ao longo de três propriedades para levantamento das características peculiares ao cicloturismo rural. O percurso definido é de 25 quilômetros, com roteiro pelo Sítio Vô Neo (produção de cachaça artesanal), Fazenda Biboca (turismo rural) e Chácara Humaitá (Ecoturismo – cachoeiras). No dia 8 de março, haverá um segundo evento com a apresentação dos resultados da pesquisa de campo e atividades extensionistas coordenadas pela Unimontes.

 

ÁREAS ENVOLVIDAS

O projeto ColabTur – Rural é multidisciplinar, com o envolvimento direto de acadêmicos do curso de Tecnologia em Gestão do Agronegócio. Pela Unimontes, a equipe técnica de organização é composta pelos professores Márcia Versiane Fagundes (disciplina “Turismo Rural e Agroindustrial”), Hugo Tiago Ribeiro Amaro (“Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável”) e Fernando Etiene Júnior (áreas de “Administração Rural”, “Gestão de Produtos e Marcas” e “Planejamento, Qualidade e Sustentabilidade no Agronegócio”). A professora Christiane Pereira dos Santos, mestranda em Gestão de Eventos e condutora da Acontup, é a coordenadora do projeto colaborativo e das visitas de campo. Segundo os organizadores, dentre as metas estabelecidas está a caracterização dos roteiros seguindo critérios como logística, segurança, acesso, tráfego, sinalizações, percursos, grau de atratividade e potencial para atividades econômicas. Entre outros pontos destacados está a análise dos sistemas de produção, sustentatibilidade (práticas associadas à agricultura), catalogação de produtos e dos aspectos naturais, culturais e históricos. O prazo de execução do estudo para estas duas regiões específicas de Barreirinho e Biboca é de quatro meses.

 

PRÊMIO DE JORNALISMO

Estão abertas até 23 de fevereiro as inscrições para a edição 2018 do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional.  Ao todo, serão concedidos R$ 191 mil em premiações. Podem ser inscritos trabalhos publicados em diversas mídias (Impresso, Televisão, Rádio, Fotografia e Internet), durante todo o ano passado, no território nacional, que retratem iniciativas ou atividades produtivas economicamente viáveis, socialmente justas, ambientalmente Corretas e que respeitem o principio da diversidade cultural. Profissionais e universitários interessados podem realizar as inscrições gratuitas pela Internet ou pelos Correios. Basta preencher o formulário disponível no portal www.bnb.gov.br e encaminhá-lo, juntamente com o trabalho, ao Ambiente de Comunicação do Banco do Nordeste do Brasil (Av. Doutor Silas Munguba, 5700, Bloco D-1 Térreo, Bairro Passaré, Fortaleza-CE, CEP 60.743-902).

 

CARNAVAL INFANTIL

Para as famílias que vão ficar em Montes Claros neste carnaval, a diversão será garantida no Bailinho Infantil de Carnaval do Montes Claros Shopping. É a primeira edição do carnaval para os pequenos, com muita animação e atrações especiais. A festa será no dia 10 de fevereiro, sábado, das 17 às 20 horas, no Estacionamento Norte, com decoração temática, DJ, cama elástica, pintura facial, balões e algodão doce e venda de guloseimas Os pais podem trazer seus pequenos fantasiados para a festa ficar ainda mais bonita e divertida. E a família toda também pode vir fantasiada para entrar no clima com as crianças. A entrada será 1 quilo de alimento não perecível, que será doado para a Instituição Mãos que Cuidam, que atende famílias carentes, em vulnerabilidade social.

 

BANZÉ COMEMORANDO 50 ANOS

Em 2018, o Grupo Folclórico Banzé, de Montes Claros, completa 50 anos de existência. A comemoração será marcada por uma série de eventos, incluindo um grande show e lançamentos de documentário e de um livro sobre a história do grupo. As atividades vão envolver também a comunidade acadêmica da Unimontes, cuja participação foi discutida em reunião entre o presidente do Grupo Folclórico Banzé, Gustavo Colares, e a pró-reitora de Extensão, professora Jussara Maria de Carvalho Guimarães. Contou também com a presença do coordenador de Extensão Cultural, professor Igor Coimbra Rocha. Durante a reunião, realizada no prédio da Reitoria, Gustavo Colares, que é neto da fundadora do Grupo Folclórico, Zezé Colares, ressaltou que o Grupo Banzé está inserido diretamente na cultura e na história de Montes Claros nos últimos 50 anos, contribuindo para a divulgação do nome da cidade no Brasil e no exterior. Ele destacou que o grupo tem um rico e diversificado repertório de danças e músicas folclóricas, que resultam de pesquisas e refletem a riqueza das tradições do Norte de Minas e de outras regiões brasileiras. Lembrou, ainda, que ex-integrantes do Banzé ganharam destaque na carreira musical. Citou como exemplos, os músicos Tino Gomes, Yuri Popoff e Marcelo Godoy.

 

SALÃO DO TURISMO ABAV-MG

No dia 16 de março de 2018, a Associação Brasileira de Agências de Viagens de Minas Gerais (ABAV-MG) promoverá a 12ª edição do Salão do Turismo, considerado um dos mais importantes acontecimentos turísticos de Minas Gerais. O objetivo do evento é disponibilizar para os órgãos de turismo, operadoras, rede hoteleira, companhias aéreas, locadoras e demais segmentos do turismo, a possibilidade de oferecer seus produtos para um público especializado, contando com a presença 50 expositores. A programação terá início às 9h, com apresentação de palestras direcionadas para os agentes de viagens e receptivos de Belo Horizonte. Caravanas de Divinópolis, Montes Claros, Governador Valadares, Juiz de Fora e outras cidades, estarão presentes na feira.

Dia: 16 de março de 2018
Local: Dayrell Hotel & Centro de Convenções
Horário: das 9h às 19h

 

CIRCUITO TURÍSTICO SERRA DO CABRAL DISCUTIU ESTRATÉGIAS PARA 2018

Incentivar o turismo local, evidenciando as belezas naturais da região tem sido tarefa diária da Prefeitura Municipal de Lassance – MG. Prefeitos dos municípios de Jequitaí, Engenheiro Navarro, Joaquim Felício, Augusto de Lima, Buenópolis, Francisco Dumont , bem como o de Lassance se reuniram em Lassance para discutir ações que estimulem e evidenciem o turismo no Circuito Turístico Serra do Cabral, de Minas Gerais. Também estavam presentes os engenheiros, arquitetos e secretários de meio ambiente e turismo das respectivas cidades. Na oportunidade, houve troca de experiências no sentido de aprimoramento de ações já executadas. O Gestor do Circuito Turístico Serra do Cabral, Eduardo Henrique de Oliveira, esteve presente e explanou o apoio do Circuito aos municípios participantes. Para ele, um planejamento é fundamental para o andamento das ações e o desenvolvimento do Turismo na região. Jarbas Jorge de Alcantra, Gestor do Parque Estadual Serra do Cabral também esteve presente. “Estamos trabalhando para uma padronização na sinalização das placas do parque e na sua extensão. Os municípios do Circuito Turístico podem contar com o nosso apoio na doação de madeira para a confecção das mesmas”, disse. Para ele a sinalização da Serra é fundamental para o acesso de visitantes. Ainda durante a visita dos prefeitos à cidade, foram apresentados alguns pontos turísticos do município, bem como uma visita ao Memorial Carlos Chagas.

 

CARNAVAL DO MORADA

Bairro Morada no Parque convida toda a população para a sua festa momesca –

Será realizada nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro mais uma edição do Carnaval do Morada no Bairro Morada do Parque. O evento, que é realizado pela Associação dos Moradores do Morada do Parque, tem apoio da Prefeitura de Montes Claros, que está retomando o carnaval na cidade, resgatando a tradição do período momesco. A folia acontecerá na Praça Orfeu Froes a partir das 20 horas, terá como atração as Bandas de Marchinhas Sassaricando, Rayedson  e Companhia, Amanda Souza, Hilton Nunes Banda Show e Bloco do Morada animando todos os foliões com marchinhas de todos os tempos em um ambiente totalmente familiar e descontraído.

 

PANDEIROS É TEMA DE PESQUISA

A Área de Proteção Ambiental (APA) de Pandeiros, entre os municípios de Januária e Bonito de Minas, no Norte de Minas, é objeto de estudo do curso de Geografia da Unimontes. Um grupo de 18 acadêmicos do, no campus-sede, realiza um trabalho de campo na reserva para identificar, entre outros aspectos, o estado de conservação dos recursos naturais e o grau de degradação no espaço, diante da exploração vegetal e da pecuária. A atividade está relacionada às disciplinas Biogeografia e Hidrografia, ministradas pelo professor doutor Ronaldo Belém. A APA Pandeiros possui 393 mil hectares. Na área, há pontos onde é permitido o uso sustentável de recursos naturais, mas na prática atividades como a criação de gado no sistema extensivo têm comprometido, por exemplo, a resistência do solo e a cobertura vegetal, atingindo duramente as veredas e nascentes da região. Em Pandeiros, há uma área específica de 6,1 mil hectares considerada como refúgio de vida silvestre e, por isso, não é permitido o uso sustentável dos recursos naturais. É o chamado Pantanal Mineiro, onde é registrado o ciclo reprodutivo de cerca de 70% dos peixes da bacia do Médio Rio São Francisco. A Regional de Januária do Instituto Estadual de Florestas (IEF) é parceira neste projeto da Unimontes. Antes do trabalho de campo, o grupo de acadêmicos participa de uma palestra na sede do IEF para a apresentação de dados específicos da APA Pandeiros e da Reserva Ambiental. Os técnicos do Instituto também acompanharão a visita durante os dois dias, que compreenderá trechos de veredas, pântano, de mata seca e de cerrado.

 

Montes Claros, em 2017, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), terá 402.027 pessoas, e aproximadamente 40 mil deste total, de acordo com o Movimento Gay das Gerais (MGG), se considera LGBT, além das pessoas simpatizantes e que apoiam a união homoafetiva. Pensando em bem atender esse público, foi inaugurada a mais nova atração noturna: A “Nox Casa-Bar”. O local pretende oferecer o que tem de mais atual no mundo do entretenimento, num espaço arejado, eclético, privativo, sem abrir mão da qualidade, bom atendimento e preço acessível a todos os públicos. “Nox” no latim significa noite, noitada, sonho, e na mitologia grega, é a personificação da Noite, ou Deusa da Noite, e mostra toda a força dessa divindade pagã, que domina o mundo noturno. A idéia da “Nox Casa-Bar” é surpreender com o melhor ambiente alternativo da cidade. A “Nox Casa Bar” fica na Rua Carlos Pereira, 45, centro. O mais novo espaço alternativo da cidade funcionará das 19h à 1 da manhã, de quinta-feira a domingo.  O Turismo agradece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *