23/05/2017

PARA REFLEXÃO

 

SERESTAS PARA COMEMORAR OS 38 ANOS DO CENTRO CULTURAL

Foto: Fábio Marçal

A Secretaria de Cultura de Montes Claros, em parceria com a Associação dos Seresteiros de Montes Claros e Amigos da Arte – ASAMA, resgatou uma tradição secular dos montes-clarenses: a Seresta. Foi na última sexta-feira, dia 19 de maio, num encontro de seresteiros para celebrar o amor, o lirismo. Famílias e casais de volta à Praça Doutor João Chaves, para comemorar o Dia Municipal da Seresta e também aniversário de seu mais ilustre representante, o escritor e compositor autor do hino amoroso de nossa cidade, a seresta nacionalmente conhecida: Amo-te-muito. As músicas de serestas foram feitas para serem cantadas em noites enluaradas, falando de amor ou de tristeza, mostrando a pureza de tempos que não voltam mais. Foram inúmeros os precursores poetas, músicos e cantores, amantes da boa música que encheram de sons as madrugadas montes-clarense: João Chaves, Hermenegildo Chaves, Nivaldo Maciel, Luís Procópio, Gilberto Câmara, Sinval Fróes, Sebastião Mendes (Sr. Ducho), Celestino Soares (Telé), João Vale Maurício, Virgílio de Paula, Josefina de Paula e Raymundo Chaves. Quatro grupos remanescentes de seresta se apresentaram no palco sob aplausos do público: Grupo João Chaves, Grupo Cordas e Vocais,  Amo-te Muito e Namorados da Lua.

HOMENAGEM

Nas comemorações dos 55 anos do ensino superior no Norte de Minas, a Unimontes homenageou a professora Marta Verônica, pelos relevantes serviços prestados, contribuindo para a transformação do cenário educacional regional. A solenidade de homenagem acontece nesta terça-feira, 23 de maio, às 15 horas, no Auditório Mário Ribeiro da Silveira, da Unimontes.

TURISMO DE NEGÓCIOS

Foi realizado nos dias 19 e 20, em Januária, o I Encontro do Programa Líder, lançado recentemente em Januária com objetivo de promover a integração e a qualificação das lideranças, de forma empreendedora e participativa, das políticas de interesse público e regional. Participaram do evento um público em torno de 40 pessoas, entre elas gestores públicos, empresários e representantes do Terceiro Setor de Januária, Pedras de Maria da Cruz, Bonito de Minas e Itacarambi. O encontro foi realizado no Hotel Viva Maria.

EXPOMONTES

A Expomontes, que será de 30 de junho a 9 de julho, no Parque de Exposições em Montes Claros, tem surpreendido as expectativas. O segundo lote de vendas já está quase se esgotando. A novidade deste ano é o Front Stage, um espaço diferenciado e próximo dos artistas. Confira a programação dos shows: 30/06 – sexta-feira- Jorge & Mateus;  01/07 – sábado – Maiara & Maraisa; 02/07 – domingo – Marília Mendonça; 03/07 – segunda-feira – Aniversário da cidade; 04/07 – terça-feira – Colo de Deus – Show católico; 05/07 – quarta-feira – Programação com artistas regionais; 06/07 – quinta-feira – André e Felipe – Show gospel; 07/07 – sexta-feira –  Jota Quest / Anitta; 08/07 – sábado – Gusttavo Lima; 09/07 – domingo – Tarde: Show infantil – Masha e o Urso (espetáculo licenciado) / Noite:  Henrique & Juliano.

AGENDA

PEGA LEVE

Depois de estudar muitos contratos de franquia, a Pega Leve Alimentos Saudáveis optou por trabalhar com economia compartilhada. No valor do investimento para ter o conceito e receitas do restaurante Pega Leve estão incluídas 6 consultorias e assessoria contínua. São apenas 3 anos de contrato e o objetivo é sermos, antes de tudo, parceiros. No dito popular a Pega Leve “te ensina a pescar”. E com um cardápio especial, onde sempre há novidades. Você pode acessar mais informações em nossas redes sociais ou entrar em contato conosco pelo telefone (27) 99633-9588 ou (27) 98153-4041. No site tem tudo explicadinho também: www.grupopegaleve.online

CURSO DO SENAR FORMA GUIAS DE TURISMO EM JOAQUIM FELÍCIO

O Sindicato dos Produtores Rurais de Bocaiúva promoveu o curso “A Arte de Conduzir em Trilhas e Roteiros”, no município de Joaquim Felício-MG, no período de 16 a 19 de maio, em parceria com a Prefeitura de Joaquim Felício, tendo como colaboradores o IEF e o Portal 135. A proposta do Senar é capacitar cidadãos daquele município para atuar como guias, a fim de conduzir, com segurança, os turistas que visitam as trilhas das belíssimas serras daquele lugar de paisagens exuberantes. O curso, ministrado pela instrutora Gal Bernardo, turismóloga e jornalista, teve aulas teóricas de 7h às 16h, e aulas práticas nas trilhas da Pedra Alta, que integra o Parque Estadual Serra do Cabral. O curso foi totalmente gratuito para os alunos e contou com a participação de doze pessoas. “Além de ensinar a receber e conduzir os turistas, o curso capacita o aluno sobre formas corretas para transportar equipamentos, entre outros assuntos”, afirma a instrutora Gal. Ao concluir o curso, o aluno recebe certificado do Senar Minas, de Condutor de Turismo Rural de Joaquim Felipe, e fica credenciado a conduzir turistas e excursionistas pelas trilhas da zona rural.. Durante a aula prática na sede do Parque Estadual Serra do Cabral, em Buenópolis, o técnico do IEF, Hugo, afirmou que o Instituto Estadual de Florestas pretende credenciar os novos guias, após um estágio no Parque, em data ainda a ser marcada.

Trilhas

A região de Joaquim Felício oferece uma vasta oportunidade para o turista que gosta de praticar trilhas. O ideal é sair cedo, usar roupas adequadas e levar o estritamente necessário. Para percorrer as trilhas ou praticar qualquer outro esporte desta área do Turismo Rural, é necessário seguir as orientações técnicas. As trilhas são perfeitas para conhecer de perto algumas maravilhas do lugar, como a Pedra Alta, as famosas e belíssimas cachoeiras da região da Serra do Cabral, as cachaças artesanais de qualidade, o rico patrimônio histórico, a culinária exótica e diversificada e o artesanato do lugar. A principal recomendação é fazer as trilhas e roteiros em áreas naturais com condutores credenciados. No caso das trilhas e passeios que passam por propriedades particulares, os próprios condutores pedem a autorização dos donos, podendo, ainda, combinar o Café Colonial com os proprietários. A presidente do Circuito Turístico Serra do Cabral, Irene Rodrigues Faria, informou aos participantes do curso, que o Circuito, juntamente com o IEF, está viabilizando 04 trilhas no Parque Estadual Serra do Cabral, que serão abertas para visitação turística ainda este ano e que os novos guias credenciados pelo Senar deverão ser credenciados oficialmente para trabalhar nas trilhas conduzindo grupos de turistas. Irene aproveitou para convidar a turma para a visita técnica que o Circuito está organizando para o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, no próximo mês de junho, com objetivo de conhecer de perto o trabalho que vem sendo desenvolvido lá pela Associação dos Guias de Turismo de Itacarambi em parceria com o ICMBio.

História

Joaquim Felício começou a ficar em evidência, quando da inauguração da estação ferroviária da Estrada de Ferro Central do Brasil em 1921. Batizada inicialmente com o nome de Estação de Tábua, próxima à “garganta do Cruzeiro”, passou posteriormente a se chamar, Embaiassaia, devido ao córrego próximo. Em 1928, já tinha o nome atual, Joaquim Felício. Atualmente, o município vem crescendo culturalmente e seu turismo vem se expandindo cada vez mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *